quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Pensamentos... #71

"Eu não esqueço com facilidade, eu apenas não perco tempo com o que não me faz feliz."

Pensamentos... #70

[Mentes] < ]Mentes[

Pensamentos... #69

"Que na vida nunca falte sorrisos para que tudo tenha a sua paz depois dos tormentos."

Pensamentos... #68

"No amor como nos jogos, às vezes desistimos de chegar ao final quando o jogo não está a ser muito bom."

Pensamentos... #67

" A vida é feita de experiências que deixam memórias, e memórias são o único tesouro que nos acompanha para sempre!"

Pensamentos... #66

"São os meus sonhos que me mantêm forte."

Pensamentos... #65

"Há tantas pessoas que procuram por magia e esquecem-se que a própria vida é mágica."

Pensamentos... #64

"As pessoas que não têm amigos verdadeiros, preocupam-se 
mais em tentar destruir as amizades dos outros do que a 
passar tempo com os amigos ou fazê-los."

Pensamentos... #63

"Saberei que encontrei a minha alma gémea quando a 
sua presença me fizer sentir como a música me faz sentir."

O amor é como a chuva


O amor é como a chuva. 
Não importa o quanto esteja sol, um dia chove. No amor, não importa o quanto estejamos sós, um dia aparece o tal. Não importa o quanto pensemos que vai chover, a chuva apanha-nos sempre desprevenidos, tal como o amor. Não importa os guarda-chuvas, ficamos sempre molhados. No amor, não importa as barreiras, quando nos apanha saímos apaixonados. A chuva um dia passa e o sol volta, o amor pode evoluir e trazer ainda mais felicidade. 
O amor é para os destemidos e para os loucos que se gostam de molhar.
Não será o amor uma loucura?

Pensamentos... #62

"Para estarmos bem com o mundo, primeiro temos de 
estar bem connosco e aceitar quem somos."

Pensamentos... #61

"A tomada de consciência deverá ser o guia para a realização de uma atitude."

Pensamentos... #60

"O medo impede-nos de seguir em frente e descobrir/viver novas 
experiências, mantendo-nos/devolvendo-nos sempre ao que conhecemos."

Pensamentos... #59

"Nem sempre desistir é sinal de derrota, às vezes
é sinal que passamos a investir em nós mesmos."

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Encontrei-me

Encontrei-me

Por vezes, perco-me sozinha
Na imensidão do vazio
Cheio de um nada sufocante
Repleto de ausências sentidas

Perco-me por abandono
Dos que foram e me deixaram
Dos que ficam e não estão
Dos que me levaram e não trouxeram

Perco-me de mim mesma
No meio das trevas da mente
(Não) Sei onde estou
Talvez (não) queira saber

Perco-me aqui (eu sei)
Neste lugar nenhum
Onde (não) quero saber se estou
(Nem) Quero cá me achar

Perco-me do sorriso nos lábios
Sem brilho nos olhos
Com uma dor na alma
Uma mentira para cegos

Perco-me de pálpebras fechadas
De lágrima solta
Imagino uma luz de esperança
Que ilumine a escuridão

Perco-me e grito (em silêncio)
Para chamar por mim
Calar as vozes de todos os outros
E me ouvir (gritar, chamar e reconhecer)

Perco-me no tempo
Sem tempo
Mas a tempo
De me achar

Perco-me outra vez
Desta vez, de tudo isto
Ouço e abro os olhos
Vejo-me na luz (que há dentro de mim)

Encontrei-me

Sigo em frente.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Pensamentos... #58

"Nem sempre se trata de ter uma vida diferente, às vezes trata-se de ter pessoas diferentes nela."

Pensamentos... #57

"Vive a tua vida à tua maneira, porque é a tua vida!"

Pensamentos... #56

"Não importa o que os outros pensam de ti, se tu souberes quem és!"

terça-feira, 13 de maio de 2014

Pensamentos... #55

"Os verdadeiros amigos são sempre os que vão connosco até o final da linha. Quem sai paragens antes, por livre vontade, são amigos passageiros que apenas nos lembram que lugares vazios podem servir para gente melhor se sentar."

Pensamentos... #54

"Há o silêncio de consentimento.
Há o silêncio de falta de argumentação.
Há o silêncio de inteligência.
Há o silêncio de cobardia."

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Pensamentos... #53

"No escuro de um quarto cabem todos os sonhos."

Pensamentos... #52

"A terra que hoje calcas é a terra que amanhã te acolhe..."

Pensamentos... #51

"Um coração de pedra é mais fácil de partir do que um coração humano."

Pensamentos... #50

" Por vezes, o teu medo é o teu maior inimigo."

Pensamentos... #49

"O maior cego é aquele que usa mais os olhos que o coração!"

Pensamentos... #48

"O bom de sonhar é que depois de realizar um sonho não se fica sem nada,
ficasse com uma memória e espaço livre para realizar outro."

terça-feira, 15 de abril de 2014

Diálogos Perdidos... #2


Ela olhou-o nos olhos com um pedido trancado dentro dos lábios e um olhar de quem tem medo. Medo de não ter, medo de nunca ter tido, medo de perder… Então, ele sorriu-lhe abertamente, colocou uma mão no seu rosto e com a outra puxou-a para si.
Não a beijou.
Continuou a sorrir, como quem diz “Não tenhas medo”. Depois, abraçou-o com a intensidade necessária para dizer a alguém que a amamos de verdade. 

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Diálogos Perdidos... #1


"Ele sorriu com um ar de vitória, enquanto ela apenas se calou e lhe voltou as costas para se afastar. Então, mantendo o sorriso na cara, aquele sorriso de quem acabou de vencer uma discussão, ele vira-se para o amigo:
- Eu bem disse que tinha razão. – Cruzou os braços sobre o peito, de forma muito orgulhosa. – Lá vai ela, calada. Quem cala consente!
- Não me parece que ela tenha consentido. – O amigo via-a a ir embora. – Apenas me parece que ela se cansou de estar a falar com quem não sabe ouvir a opinião dos outros.
- Eu sei…
O amigo não ficou para ouvir retaliações. Voltou costas e segui atrás dela, estava interessado em trocar opiniões com quem sabia ouvir."

Pensamentos... #47

"Não somos nós que encontramos o amor, porque não escolhemos amar. 
O amor é que nos encontra a nós, mas só fica se escolhermos ter o coração aberto para amar."

domingo, 30 de março de 2014

Beija-me


Beija-me

Beija-me,
Nestes lábios que aguardam
O sabor da tua pele,
O calor dos teus beijos,
Que te aguardam.

Beija-me,
Agora e sem rodeio,
Tomado pelo devaneio ardente
De um desejo que desperta
Dentro da alma.

Beija-me,
Não no pensamento,
Na realidade que corre,
Durante o tempo que foge…
Para-o com um beijo!

Beija-me,
Com a intensidade
Que cobiças
Quando me olhas nos olhos
Me sorris e não beijas.

Beija-me,
Sem medo,
Na inocência de um beijo roubado
Que te posso dar, afinal,
Sem receios.

Beija-me,
Enquanto dura essa vontade
Com a timidez do primeiro,
Com a necessidade do último
Beijo.

Beija-me,
Antes que volte costas
E parta sem esse beijo
Que, no final, ficou preso
Na ponta dos teus lábios.


Beijas-me? 

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Chora


Chora

Sorri.
Hoje podes sorrir
Como só tu o sabes fazer.

Sorri
Com esse teu olhar doce
A brilhar repleto de lágrimas,
De veneno.

Sorri
Ou, se preferires, ri.
Em alto e bom som,
Com todos os teus sentimentos
Verdadeiros,
Mas só de desdém.

Sorri.
Não precisas de ter medo
De sorrir
De mim.
Não hoje.

Sorri.
A partir de hoje podes sorrir,
Rir de tudo e mais alguma coisa,
De mim, inclusive.

Sorri,
Mesmo que só queiras chorar,
Sorri na mesma,
Vai ser a única coisa que te resta.

Sorri.
Hoje, amanhã e depois.
Porque eu chorei
Enquanto tu sorrias.

Sorri,
Sem pena
De mim.
Com pena
De ti.

Sorri.
Hoje já não choro,
Só tu vais sorrir.

Sorri.
Por fim,
Com liberdade para o fazer.

Sorri.
Hoje virei-te as costas
Para tu sorrires
Ao ver-me partir
E chorar
Quando eu não voltar.

Sorri
Hoje e para sempre.
Eu vou sorrir,
Também vou chorar.
Vou viver,
Enquanto tu só sorris
A ver a vida passar à frente.

Sorri,
Porque eu nunca mais vou chorar
Por ti,
Ou sorrir
Para ti.

Chora.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Controla a tua mente


Ping, ping, ping, ping…
Era o barulho ensurdecedor que me preenchia os ouvidos.
Poderia ser o som das minhas próprias lágrimas a caírem numa poça de água, que a mágoa e o sofrimento tinham salgado, mas não. Não tinha lágrimas suficientes para isso e, embora a minha alma se encontrasse submersa num mar tormentoso de sentimentos negros e corrosivos, que me debastavam por dentro, já não conseguia chorar.
Os meus olhos estavam secos. Tão secos que me custava suportar a luz ténue da vela acesa que iluminava aquela cave sombria e tentava, em vão, mantê-los fechados.
Ping, ping, ping, ping…
Era inútil.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Pensamentos... #46

"A merda de pássaro é a única que me pode afectar, 
porque é a única que caí de cima. O resto que vem de baixo não me atinge."

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Pensamentos... #45


"Não esperes que os outros façam por ti aquilo que tu fazes por eles. Assim, como não esperes que seja um amigo aquele que só está interessado no que tu lhe podes dar."

Pensamentos... #44

"Ele não conspira contra ti. Ele dá-te a oportunidade de te tornares em algo melhor e encontrares a tua felicidade. Há sempre uma razão para tudo!"

Pensamentos... #43


"A grande diferença entre nós cabe numa palavra: Carácter!"

Pensamentos... #42

"O nosso destino é aquilo que nós fazemos da nossa vida."

Pensamentos... #41

"Sorte é nascermos com saúde, a felicidade é uma escolha."

Pensamentos... #40

"A felicidade é um pequeno bom momento, ser feliz é fazer com que a vida seja repleta de pequenos bons momentos."

Pensamentos... #39

"Eu não sou uma pessoa especial, mas ainda assim, continuo a ser eu mesma."

Pensamentos... #38

"Tudo se resume a uma existência simples e vulgar, mas tudo teria sido diferente se não tivesses nascido. Simplesmente, agradeço por nesta vulgar existência existir alguém que me fez sorrir quando me apetecia chorar, acreditar quando me apetecia desistir..."

Pensamentos... #37

"Eu não sou suficientemente bonita para ti, mas serei sempre o dobro daquilo que mereces e o triplo do que alguma vez irás ter!"

Pensamentos... #36

"Não me interessa ser uma pessoa normal, interessa-me ser eu mesma!"

Pensamentos... #35

"Esta noite eu sonho que um dia poderei ser feliz."

Pensamentos... #34

"A melhor forma de alguém sofrer é apaixonar-se por uma ilusão, por uma mentira..."

Pensamentos... #33

"Tudo na vida tem um início e um fim, este é o início de um fim e o princípio de um novo capítulo da minha vida."

Pensamentos... #32


"O passado nunca volta, mas o presente pode ser uma forma de tornar o passado numa boa recordação."

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Barco sem remos...

Sou fraca, demasiado fraca para o admitir também, e estou cansada do rumo que este barco está a tomar.  Queria poder voltar atá, remar contra a maré e voltar a um porto seguro, à segurança a minha Felicidade, da minha paz, mas não posso… Não tenho remos e tenho de me sujeitar a esta maré.
Mentiam-me.
Mentiram-me de uma forma descarada, prometeram e fizeram-me acreditar que podia ser diferente, que ia ser bom para mim. Não o é. É só mais da mesma angústia dia após dia, tempestades e mais tempestades. Como estou viva? Também não sei, certamente não será por ser forte. Aliás, talvez seja por ser fraca, tão fraca que caio e não me levanto do porão, deixo-me estar sentada ao sabor perverso da maré, até que um dia ela resolva virar o barco e me arrastar para o fundo das águas.